Sobre
Hipertermia

Sobre

Um Organismo saudável reage ao tratamento da doença com um aumento controlado da temperatura, chegando em alguns casos a um aumento elevado da temperatura ( Febre) a qual pode provocar uma resposta do sistema imunitário.

A temperatura corporal tem um papel fundamental na regulação do sistema imunitário. A febre pode ser considerada como uma forma natural temporária de “programa especial imunológico.
Por conseguinte, um aumento induzido artificialmente da temperatura corporal pode resultar numa estimulação sustentada de poderes de outra forma inibidas de auto-cura do organismo , mesmo nos casos envolvendo processos crónicos ou doenças malignas.

 

O aumento controlado da temperatura corporal

• além de sintomas de compensação, também pode influenciar os processos reguladores defeituosos dentro de todo o organismo
• promove processos de reparação e regeneração em cada célula individual e em toda a matriz
• resulta em relaxamento muscular sustentado, mesmo em  camadas musculares mais inacessíveis
• melhora numerosos processos imunológicos, migração de linfócitos particularmente para locais de inflamação e processos malignos
• melhora a entrega de substâncias medicamentosas para o local de ação
• aumenta a eficiência de vários antibióticos e substâncias quimioterapêuticas
• é bem fundamentada e pode ser medida e controlada durante a aplicação
• utiliza um dos mais antigos princípios tradicionais de cura